15 abril 2013

Pré-diabetes

Voltei com o exame à endocrinologista! Minha condição atual: pré-diabética e não diabética \o/! Aeee! Eu sei, quem é que fica feliz com o resultado desses, né?! Bem, em janeiro eu "era diabética e nada que eu fizesse mudaria essa condição", isso mesmo, nem se emagrecesse, então estou feliz sim, porque agora tudo depende apenas DE MIM e do meu esforço para mudar! Atividade física e alimentação saudável. Rumo à saúde! Diabetes é algo muito sério, por isso é importante se preocupar com isso sempre! Explico depois o "erro" no meu diagnóstico em janeiro. E para alertar todo mundo vou deixar aqui um texto falando um pouco sobre o que é ser pré-diabético ;]

Boa semana!

"Pré-diabetes. O que é isso?
 
Como o título já sugere, este termo é usado para identificar as pessoas que possuem risco potencial de desenvolver o diabetes. É uma forma ou um estado intermediário entre a normalidade e o diabetes do tipo 2 no adulto. No entanto, sabe-se que nem todos irão deixar a condição de pré-diabético para se tornar um diabético. Mas, por precaução, são considerados em estado de risco para essa progressão.

Fatores de Risco

Existem fatores que são considerados de risco para o desenvolvimento do diabetes. Entre eles estão: o fator da idade (estar acima de 45 anos); o excesso de peso; o sedentarismo; a hipertensão arterial e as alterações nas taxas de colesterol e triglicérides sanguíneos e a história familiar de diabetes.

Isso serve para ambos os sexos. Mulheres que geraram filhos com mais de 4 kg ou que sejam portadoras de Síndrome dos Ovários Policísticos também têm risco aumentado.

Nesses casos, preconiza-se a realização da dosagem de glicemia de jejum ou a realização do teste oral de sobrecarga com glicose, para possível detecção de pré-diabetes ou mesmo diabetes.

A melhor maneira de identificar o pré-diabetes é através da dosagem da glicemia. Sua definição laboratorial dá-se quando a taxa de glicemia de jejum (mínimo de oito horas) encontra-se entre 100 e 125 mg/dl e/ou quando o valor de glicemia na segunda hora do teste de sobrecarga oral à glicose (também chamado de curva glicêmica) está entre 140 e 199 mg/dl (indivíduos classificados também como intolerantes à glicose).

A quantidade de pessoas que evoluem para o diabetes é parecida nos grupos que têm glicemia de jejum alterada e os que apresentam alterações nas taxas de glicemia na segunda hora do teste oral. No mais, apesar de ser raro, outros grupos que não apresentarem essas condições e nem fatores de risco,também podem desenvolver diabetes no futuro.

importante salientar que as pessoas que adquirem novos hábitos no estilo de vida - como a atividade física regular resultando na diminuição de 5 a 7% no peso corporal - ajudam a, no mínimo, retardar o aparecimento do diabetes.

Em grandes estudos realizados com indivíduos com pré-diabetes, tais medidas reduziram a taxa de novos casos em mais de 50% em um período de dois a cinco anos de acompanhamento. Essas mudanças ainda são benéficas para o estado de saúde geral, promovendo menor risco no desenvolvimento de outras doenças, especialmente cardiovasculares.

A busca pela perda de peso pode receber o auxílio de algumas medicações, no entanto, não devemos nos esquecer de que todas essas orientações devem ser realizadas pelo médico, analisando cada situação individualmente.

Ou seja, no geral existem muitas evidências de que o diabetes tipo 2 pode ser prevenido ou ter seu início retardado. Os indivíduos com pré-diabetes podem ser facilmente identificados. Alterações no estilo de vida, especialmente redução moderada do peso e aumento da atividade física são indicadas, além de promoverem efeito positivo adicional na saúde como um todo.

Confira os Sintomas do Diabetes Tipo II:

Aumento da sede;
Aumento do número de micções (principalmente à noite);
Dores em membros inferiores;
Infecções freqüentes;
Alteração visual (visão embaçada);
Dificuldade na cicatrização de feridas;
Formigamento nos pés;
Furunculose.

Consultoria: Dra. Rosane Kupfer, Chefe do Serviço de Diabetes do IEDE.

Fonte

9 comentários:

Andreia B. disse...

Ai eu super entendo, minha familia tem casos dessa pré-diabete.Porque meus avós são diabeticos. Eu ainda não entrei no risco... mas é sempre bom se manter atento na alimentação pra que não ocorra!

;*

É duro ser diva ! disse...

Parabéns!!!!!
Imagino sua felicidade.
Bjinhos Diva.

Patrícia Medeiros disse...

Que maravilha, Ju.
Olha aê... Algo irreversível se tornou possível ser revertido por sua determinação. Parabéns!

Tudo só depende da nossa vontade e disposição.

Bjs

Marina Hudson disse...

Que booooom, isso é um bom sinal, acredito eu =) rs

beijoss

Emagrelícia disse...

Super feliz por vc!!!

Agora, está nas suas mãos! rs

Beijos, se cuida (litralmente! :P )

Emagrelícia disse...

Oieee de novo rss.

É dieta nova é muito amor <3

Eu tou com a dieta velha da nutri velha, vamo que vamo.

#30semjacar rsrs


beeeijos Juuu!

Emagrelícia disse...

Eu também fico tensa com avaliação... aliás, tou procurando não pensar, senão vai vir a ansiedade! rrsrsr


Pois éé, produtos light eganam e intregal também.
Esses dias troquei o rap 10 integral pelo light, porque nossa... o integral tem mais caloria, mais gordura, mais carbo, mais tudo... como pode??? O.O

Quanto aos lanchinhos... assim, não vou cortar açúcar de TUDO, porque amo iogurtes, barrinhas de cereal e etc. Vou cortar doce de final de semana, sabe? Eu AMO chocolate com todas as minhas forças... e como demais. Todo dia dou uma beliscada em alguma coisa... é nisso que vou focar ;)

Vamo que vamo! rs
Viu meu insta novo, né? Achei melhor separar rsrsrsrs

beeeijos

Rachel disse...

Juuuuuu, que excelente notícia!!!!!! Agora se cuide dobraaaaado!!! Vou cobrar, hein!!! Bjsssss

Juliana Sonhadora disse...

Oi Jú!

Doença não é brinquedo. Se cuide com carinho! A gente gosta muito de você e quer ler posts alegres que só você sabe escrever!

Adorei saber mais sobre diabetes!

Beijos e fique com Deus!