16 agosto 2014

Resumão :) Voltei!!!

Faz tanto tempo que não escrevo e acabei deixando acumular muito assunto. Vou tentar resumir os acontecimentos desse ano da forma mais clara possível e resumida...

O último post oficial eu havia trocado de nutricionista. Lembro que isso foi um marco pra mim. Hoje troquei de endocrinologista também. Tenho novos médicos que acompanham outros problemas de saúde que tive ao longo do percurso. Conto com a minha psicóloga que iniciei acompanhamento com ela desde fevereiro desse ano. Agora conto com um psiquiatra também. Antes que assuste muita gente... estou bem! Muito bem. Nunca estive melhor! Entretanto, em algum momento da minha vida estive muito mal e tudo "do nada".

Depois que troquei de nutricionista consegui me manter focada nas minhas atividades físicas e alimentação boa. Segui muito bem a dieta. Já havia mudado bruscramente meu "mindset" ao longo de 2013. Foi um ano difícil de acertos e erros. Mas foi muito importante para mudar tudo que eu precisava na cabeça. Decidi no final do ano mudar de nutricionista e fazer acompanhamento com uma psicóloga. Hoje percebo que isso ajuda muito e se você puder se permitir isso, seria de uma diferencial muito grande! A Marcia foi alguém e ainda é que me ajudou/ajuda e tenho certeza que vai continuar ajudando muito na minha vida. Eu tinha muitos pensamentos que ela concordou e demonstrou como eu poderia lidar com as pessoas a minha volta. De modo geral minha obesidade sempre foi afetada por muitos dos que amo, meus familiares e amigos. E principalmente por mim mesma. "Engolindo demais". E aprendi parcialmente a mudar isso.

A linha da minha psicóloga é humanista. Eu me identifiquei com ela. Tenho boas sessões e ela foi fundamental em um momento muito difícil da minha vida. Foi alguém que garantiu que eu estava emocionalmente estável e minha mãe precisava buscar um diagnóstico certo pra mim. Vou explicar isso :)

Então, após essas adaptações na minha vida tive um retorno muito bom. Comecei a emagrecer e ver o resultado nas roupas. Sentia-me mais disposta também. Retornei ao nutricionista. Continuei todos os planos, até que comecei a me machucar, e isso foi só o começo de todo o aviso "que tudo iria freiar".

Fiquei com o joelho dolorido e tive que mudar várias atividades minhas. Depois machuquei as costas em uma aula de circo dando uma cambalhota. Chato, hein?!

Cada vez mais tive que diminuir o ritmo que já estava em mim. E um belo dia...  Bem de repente! Passeando com o namorado ele notou algo de diferente em mim. Foi então que tudo começou!!!

O Danilo notou que eu estava meio "desligada". Foi percebendo que eu não atravessava a rua nem respondia corretamente o que ele perguntava e começou a questionar o que eu podia ter que não estava "normal". O meu normal.

O que posso dizer? Foram dias de sofrimento intenso pra mim. Lembro de poucos flashs. Pra ser mais clara quem tem transtorno de ansiedade não tem memória do momento. Foi o que me aconteceu. Mas até descobrirem o que eu tinha demorou um pouco. Passei "na mão" dos médicos errados também. Me diagnosticaram errado. Aqui que digo que minha psicóloga foi importante no apoio, ela insistiu com a minha mãe que me levassem a outro médico pra descobrir ao certo o que eu tinha. Meu namorado foi meu cuidador fundamental. Ficou ao meu lado todos os dias!

Transtorno de ansiedade é algo apavorante. Se fosse descrever cada "loucura" que enfiei na cabeça. Ou inventei. Ou simplesmente me enganei. Era inacreditável!!! Foi sofrido demais também. Coisa de livro. Filme. Mas depois de muito sofrimento, muitas idas e vindas ao hospital. Choro e desespero. Encontrei meu psiquiatra que com um breve papo me diagnosticou com transtorno de ansiedade e depressão. Curioso, hein?

Bem... ele explicou que pode surgir do nada. Que algumas pessoas tem genes pra isso. Como também pode ter motivos. Acredito que o meu foi uma mistura de cada coisa. Trabalho meus problemas emocionais com minha psicóloga. Trabalho minha falta substancial com meu psiquiatra.

Escuto os dois. Concordo um pouco com os dois. Hoje me sinto muito bem. Faltava algo, agora não falta mais! De longe isso foi pior que qualquer câncer que eu já tenha tido. Entretanto, ainda bem que aconteceu. Muita coisa mudou na minha vida. Minha forma de ver a vida de novo. A forma do meu namorado ver a vida. Meu relacionamento com a minha família sinto que consigo trabalhar melhor tudo isso. Também percebo que além de cuidar da minha saúde vou poder agora pensar em cuidar aos poucos das outras áreas da minha vida. Se foi preciso acontecer tudo que aconteceu pra mudar tão bruscramente minha vida? Talvez sim. Talvez eu fosse necessária como exemplo pra outras pessoas mudarem também. Talvez eu seja necessária pra mudar o preconceito com doenças tão "envergonhaveis" pra muitos. Sou feliz por ter transtorno de ansiedade. Tomo um remédio tarja preta, sabia? Sou feliz por ter descoberto minha depressão no segundo estágio. Hoje vejo que isso tudo faz parte de mim, e sou uma pessoa como qualquer outra, capaz como qualquer outra. Nao me envergonha meus problemas. Pelo contrário, me orgulho em perceber o quão difícil foi passar por tudo que passei! Fico feliz em perceber o quão amada sou. E como pude perceber tantas outras coisas!

Quer saber mais? Atividade física faz muito bem pra mim. Já perdi 33kg. Diminuí muitas calças. Eu viajei. Comi chocolate. Desci e subi 730 degraus de um parque. Já fiz muita coisa esse ano e ainda tem muito mais! ;)

Já ouvi muitos absurdos de pessoas muito importantes pra mim. Principalmente em relação aos meus esforços para emagrecer. Mas nada disso me afeta mais. Hoje percebo que se quem está ao meu lado não vê o quão valiosa sou como filha, amiga, pessoa, quem perde são os outros! Eu já conquistei tanto e sei que ainda vou conseguir muito mais. Dei um pequeno pause e agora estou voltando com tudo :)!!!

Voltei aos meus estudos também tenho planos de mudança. Não sei se vou conseguir esse ano já, mas se não for logo tenho caminhado aos poucos e com o tempo terei grandes evoluções na vida :)

Be happy e carpe diem gente :)!!!

3 comentários:

Bruxa do 203 disse...

Está sendo um ano intenso, repleto de descobertas.

É ótimo encontrar profissionais de confiança, que nos ajudam a entender o que realmente temos.

Vocês fazem um casal lindo! =)

LivreLeveLight disse...

que linda JUUUU!!!
Sds docÊ! que bom q voltou

Aline Canteiro disse...

Oi gata! Que bom te ver de volta por aqui!
Apesar que nunca parei de te acompanhar no instagram...hihih...
Quanta coisa pode acontecer né?
Fico feliz que estejas bem!

Beijo e uma semana linda!