21 março 2013

Meta

O plano é mudar de estilo de vida. Buscar saúde. Esse é o plano oficial dos meus próximos anos e para toda minha vida. Falei isso nos primeiros posts desse ano quando retornei a postar aqui. Claro que, além disso, montei metas de quilos a perder. Pensei em registrar no blog. Acho importante essa parte de compartilhar certas metas, às vezes incentiva os outros.

O meu plano de perda de peso era de 60 quilos em dois anos. Era meu plano maior. Dividindo 30kg para cada ano, 2013 e 2014. Bem grande esse plano pra quem nos últimos anos só engordou e ainda tem hipotireoidismo não normalizado. Acontece que acredito fortemente que esse ano será normalizado a parte do hipotireoidismo e que não posso ficar esperando tudo estar perfeito para mudar. Era preciso que eu iniciasse tudo por uma questão maior e mais importante: a saúde. Desde o dia que fui a endocrinologista, quando descobri sobre o diabetes, vi que todos os meus exames estavam loucos e pesei 128kg (nunca na vida havia pesado taaanto assim!). Descobri que me encontro na última faixa da obesidade, aquela classe III, com IMC 46,4. Parece que fui percebendo o quão mal estava. Como precisava mudar mesmo. Depois de tudo que já passei em questão de saúde, depois de já ter feito 10 cirurgias, aquela coisa de diminuir estômago não era opção, não pra mim. Há casos e casos. Muitos eu entendo, outros acho desnecessário, mas só posso decidir sobre a minha vida, certo? E já havia decidido desde sempre que não faria esse tipo de procedimento.

Como mudar toda minha situação? Como? Imagine uma pessoa com todos os exames errados, diabética, sem fôlego, com sério problema de comer muita besteira, “engolir sentimentos”, é como falam, né?! Sedentária e o programa favorito era sair para comer. Basicamente a única coisa que não tenho é pressão alta, mas corro risco. Como mudar? Pois é. Eu como qualquer outra pessoa tenho muitos sonhos. Desejo muitas coisas no meu futuro e em 100% desses sonhos meu namorado está lá incluído e sei que eu estou nos dele também. Era muito triste pensar que por escolhas erradas eu podia de repente não fazer parte de tudo isso. Fazer a pessoa que mais se importa comigo sofrer. Pensei nas pessoas que me amavam e como eu as queria felizes, não tristes e lamentando minha vida triste e sem saúde. Pensei na minha mãe que não cansa em dizer que o maior sonho da vida dela é me ver magra. Pensei em como não importava para o meu namorado se eu queria ser magra ou gorda, e sim que importava eu me sentir bem e feliz. Pensei em como eu sou algo que não quero ser. Em como EU queria mudar, mas acabava faltando sempre a ação definitiva. E essa mudança dependia apenas de uma coisa: eu lutar por saúde. Já lutei antes. De forma diferente, porém era buscando viver bem. Não viver assim como estou hoje. O bom de tudo era que o namorado estava ali me estendendo a mão pra irmos juntos mudar tudo isso. E é o que temos feito.

Para decidir a quantidade de peso, verifiquei por um aplicativo do celular quanto seria a faixa de peso ideal para mim (complicado que isso sempre varia nas avaliações das academias), mas a faixa que indicou para minha altura foi entre 51,59kg-69,72kg. Já pesei algo bem próximo a 69kg. Lembro que vestia 42. Então decidi chutar um valor que achasse que ficaria bom e o número da roupa. Só para ter uma meta maior e depois dividi-la em pequenas metas.

Então, minha meta era de perder 60kg e ver como estava. Depois de realmente iniciar essa mudança e perceber que estou mudando mesmo. Com um “mind set” diferente já. Depois de pesquisar e ver tanto sobre isso, eu comecei a mudar a meta e querer mais. Hoje quero perder 68kg, então 34 quilos por ano. Dividi pelos semestres também, o que seria 17kg por semestre (6 meses, seria aproximadamente 3kg por mês, o que é perfeitamente saudável). Não falta tanto para conseguir essa primeira meta e tenho bons meses para isso ainda. Tentei fazer uma meta possível justamente para não desanimar, se conseguir mais será ótimo! Se não conseguir logo tudo o que importa é continuar até chegar lá.

Não quero ser somente magra na balança, nem somente vestir um jeans 38, 40,etc. O que eu quero é ter massa magra e ser uma pessoa mais “fitness”.  Fitness significa “estar em boa forma física”, é exatamente o que eu quero. Pra mim boa forma física é consequência de hábitos saudáveis. Então, a questão de quanto peso na balança pra mim não vai importar tanto. Anotei o valor de 60kg só para ter uma referência mesmo. Pois a balança inclui o que você tem de líquido, gordura, músculo, ossos, além dos nossos órgãos né. Tem gente que faz muita dieta maluca e fica “magra”, entretanto sem massa magra nenhuma e é importante todo mundo ter um pouquinho! Ela inclusive ajuda na perda de peso. O que as pessoas não se ligam é na perda da gordura em si. Por isso quero verificar pelas avaliações na academia o quanto eu perco de gordura e quanto ganho de massa magra. Acompanhando assim e chegando aonde eu quero chegar. Por enquanto não sei dizer quanto de “body fat” quero ter daqui a dois anos, o meu atual é 41,1%, o proposto pela academia é de 18%. Pelo que pesquisei acredito que se tiver 18-20% estará muito bom. Só não sei se pesar 60kg e ter 18-20% de "body fat" é possível para mim. Pois tem toda aquela questão de estrutura corporal e altura... Verei com o passar do tempo. Dia 27/03 já terei novas referências sobre minha porcentagem de gordura corporal e peso oficial.

Então, minha meta basicamente será consequência do novo estilo de vida que já estou levando. Planejei essa mudança em dois anos. Pode ser em menos ou até mais. O que importa é que o ponto de partida foi janeiro desse ano e tenho o resto da vida para isso e continuar seguindo os novos hábitos. É pra vida toda a mudança! Já sinto as mudanças. O importante é focar muito, ser paciente, persistente e determinada!

Vamos lá!

4 comentários:

Gi disse...

Oi Linda hoje o post foi grande em abriu seu coracao que bom que compartilhou com a gente sua meta saiba que quero ta com vc nessa viu conte comigo sempre, fico Feliz por vc ter pessoas que te AMA e ta com vc te ajudando isso faz toda diferenca ne. Olha que nem eu to lendo o livro a dieta das 3 horas e tem uma hora que fala mesmo que a gente quer muito perder peso e na verdade a gente precisa querer emagrecer e diferente a massa Margra e muito importante. Entao eu hoje to mesmo mais ligada em minhas roupas e sei que a balanca aos poucos tb vai baixar rs bjs(^_−)−☆

Lu Niero disse...

Flor, é isso ai, vc tem que estar decidida, querer mudar, e querer por vc e nao pelos outros, hoje já não é questão de estética e sim de saúde, é muito bom que vc queira se cuidar e mudar de habitos.

Torço muito por vc, e com certeza vc vai conseguir

Fica com Deus
Bjos

Silvia disse...

Poxa, ler aqui a tua nova rotina fitness da eh vontade de malhar, pena que ainda nao posso :( mas se topares quando eu puder, daqui a nao muito tempo, ia te sugerir caminharmos na federal depois da aula :) deve coincidir com a volta delas! E jaja te ligo pra chamar pra fazer qualquer coisa que meu carro acabou de aprontar e nao estou mais inapta de me locomover xD

Nat Viegas disse...

Não importa quanto tempo levará... um passo de cada vez, melhorando sempre... eu sei que tu consegue!!

beijo!