13 fevereiro 2013

Les Misérables

Vi “Os miseráveis” e nada do que eu fale vai conseguir transmitir a emoção que o filme causa ao ser visto. É lindo. Lindíssimo. Tocante, inspirador, empolgante, sensível e com personagens muito bons. Excelentes músicas. É difícil escolher a que eu mais gostei, cada uma tinha sua frase tocante e o ritmo muito bom. A Anne Hathaway começou a cantar e eu a chorar. Não deu... Chorei muito em infinitas partes do filme, não porque ele é todo triste, e sim porque é maravilhoso. Merece o Oscar mesmo. Dos poucos indicados que vi esse foi o melhor, os filmes que não vi podem até ter uma história boa e ser muito bons, mas dificilmente causariam o que esse causou em mim. Há tempos um filme não me tocava tanto. Não falo só sobre a parte romântica, até porque essa é só uma pequena parte de toda a história. Tudo é muito bem feito e realmente tocante. Gostei mesmo!!! Vejam!!!

Eu “li” o livro “Os miseráveis” quando pequena, mas não lembrava NADA, até porque nem me lembro de ter lido direito, era criança e ao invés de me incentivarem a leitura como algo divertido e bom, acabava vendo como uma obrigação chata. Entretanto, depois do filme deu vontade demais de ler direito o livro dessa vez e voltar à Paris =) hehe.

Ah! O filme é um musical MESMO, mas de forma alguma é cansativo nem nada do tipo. Vejam porque vale a pena!


“A  heart full of love
no fear, no regret”

“...I am found” Eu fui realmente encontrada também =) Pelo Dan <3

Achei uma graça isso que fizeram! haha

2 comentários:

Carla Pinheiro disse...

Oi juliana =)
tô muito afim de ver esse filme, eu gosto dessa pegada musical, o duro é convencer o namorado a ir junto hauahuahau
beeijo

Engenheira Dietética disse...

Vou fazer de tênis, mas se começar a puxar pro joelho, vou deixar e só volto a fazer qnd estiver mais leve... joelho é um perigo... reza a lenda que a saúde do joelho define a sua independência na velhice ;-)

Beijos